quarta-feira, 4 de abril de 2018

Eu pedi a Deus


1 Eu pedi a Deus 
2 Eu pedi a Deus para retirar os meus vícios. 
3   Deus disse: Não.  
4 Eles não são para eu tirar, mas para você desistir deles. 
5 Eu pedi a Deus para completar meu corpo. 
6   Deus disse: Não. 
7 Seu espírito é completo, seu corpo é apenas temporário 
8 Eu pedi a Deus para me dar paciência. 
9   Deus disse, Não.  
10   Paciência é um subproduto das tribulações; Ela não é dada, é aprendida. 
11 Eu pedi a Deus para me dar felicidade. 
12   Deus disse: Não. 
13 Eu dou bênçãos; Felicidade depende de você. 
14 Eu pedi a Deus para me livrar da dor. 
15   Deus disse: Não. 
16 Sofrer te leva para longe do mundo e te traz para perto de mim. 
17 Eu pedi a Deus para fazer meu espírito crescer. 
18   Deus disse: Não. 
19   Você deve crescer em si próprio! Mas eu te podarei para que dês frutos. 
20 Eu pedi a Deus todas as coisas que me fariam apreciar a vida. 
21   Deus disse: Não. 
22 Eu te darei a vida, para que você aprecie todas as coisas. 
23 Eu pedi a Deus para me ajudar a AMAR os outros, como Ele me ama. 
24 Deus disse: .... Ahhhh, finalmente você entendeu a minha mensagem !!!! 
25 Que Deus te abençoe, 

Mudar é um ato de coragem




Mudar é um ato de coragem, É a aceitação plena e consciente doDesafio.Em certas idades devemos mudar,ter responsabilidades que é um desafio,pois muitasPessoas não conseguem completar esse desafio,por isso que achamos que mudar´é um ato de coragem para muitas pessoas.É trabalho árduo para hoje, É trabalho duro para agoraNós devemos plantar coisas boas hoje para colher frutos bons de amanha.Porque se nós plantar o mal sempre vamos colher coisas ruinsE os frutos só virão amanha,quemSabe, tão distante.Pode estar tão distante os frutos que nós plantamos,mas um dia ele chegara,é só esperar!Mas quando temos certeza de Estarmos no rumo certo,aCaminhada é tranqüila.Você tem que ter certeza que o caminho que vai te levar é o que você quer para a suaVida,e o que você gosta.E não o que te vai fazer sofrer.
E quando temos fé e firmeza De propósitos, é fácil suporta Dificuldades do dia-a-dia.Quando seguimos a DEUS não importa as dificuldades que iremos passar ,masSempre passaremos essas dificuldades tranqüilo.A caminhada é longa,muitosFicarão a margem.Aquelas pessoas que não seguir o caminho do bem,ficarão a margem,porque aquelasPessoas não vão conseguir muitas coisas que quem faz o bem vão conseguir
A caminhada é longa,muitosFicarão a margem.Aquelas pessoas que não seguir o caminho do bem,ficarão a margem,porque aquelasPessoas não vão conseguir muitas coisas que quem faz o bem vão conseguir

domingo, 1 de abril de 2018

Dia Internacional do Livro Infanto-Juvenil – 2 de Abri



A literatura é a arte de escrever e expor as suas ideias de uma forma em que todos os leitores entendam o que foi lido pelo escritor.  Ela é a arte de transformar as palavras em poesia, em prosa e em verso, com uma linguagem simples ou rebuscada, a fim de proporcionar ao leitor uma viagem ao mundo desconhecido.
A literatura é tão importante que transforma a vida das pessoas, ela atua de forma direta em cada um de nós. Ela é muito ampla e sua história vem dos tempos mais remotos.

Literatura Livro Infanto-Juvenil

Não vem de muito tempo que os escritores perceberam que existia um mundo mais além, em que vários leitores mirins tinham interesse em viajar também. As crianças e jovens são leitores interessantes e que despertaram o interesse pela leitura desde cedo, desde que haja estímulo.
Com essa visão, os escritores passaram a escrever para esse público e precisavam fazê-lo de forma mais interessante e investigativa. Surge, então, em meados do século XX a literatura infanto-juvenil. Dessa forma, a concepção de literatura infanto-juvenil teve sua função na formação do processo de aprendizagem, possibilitando a mudanças dos padrões convencionais para padrões lúdicos e psicopedagógicos.
Esse ramo da literatura é dedicado a crianças e adolescentes, trazendo histórias fictícias com vários temas abordados e em vários estilos, como novelas, poemas, obras folclóricas e culturais. A idade do leitor influencia muito no momento da escolha do tema e os assuntos a serem abordados e a forma de se relatar. A literatura infantil é destinada a um público específico e bem exigente, portanto o conteúdo precisa ser de fácil entendimento e muito interessante, estimulando cada vez mais a criança.
Atualmente, a literatura é usada para entretenimento, lazer e aprendizado.  Quanto menor a criança, é preciso que o conteúdo seja menor com maior numero de figuras e imagens.  Já para os adolescentes, o que importa é o texto. É de grande importância que as crianças criem o hábito de ler, que se acostumem com o formato, a textura, o cheiro e o toque além de toda a magia que a leitura proporciona.
Dia Internacional do Livro Infanto-Juvenil – 2 de abril

Dia Internacional do Livro Infanto-juvenil

A data de 2 de abril é comemorada como o dia Internacional do Livro Infanto-juvenil para homenagear o grande escritor Hans Christian Andersen, autor de vários livros infanto-juvenil como “O patinho feio”, “ O soldadinho de chumbo”, “A pequena sereia”, “A roupa nova do Imperador” e muitos outros contos de fadas

Dia Nacional do Parkinsoniano – 4 de abril


Data lembra aqueles que possuem uma terrível doença.



Os Parkinsonianos são aqueles indivíduos que sofrem com o Mal de Parkinson. Entre os principais sintomas desta doença podemos citar os tremores, a instabilidade na postura, a hipodinesia e rigidez muscular e de membros. O paciente que estiver nesta condição pode contrair a doença por uma série de motivos, incluindo algumas toxinas, bem como doenças metabólicas e diversas outras condições neurológicas por exemplo.



O efeito de alguns medicamentos poderá ser considerado como uma das causas para o surgimento da condição. Esta é uma doença que atinge pessoas de todas as idades e todos os sexos, em contrapartida, normalmente surge apenas após os 60 anos de idade.

O dia 4 de abril é o dia para orientação e principalmente auxílio na prevenção as pessoas que para que venham a não adquirir o mal de Parkinson em um futuro. Temos assim o Dia Nacional do Parkinsoniano.

O que causa o Parkinson? A doença tem cura?
O mal de Parkinson é uma doença que ocorre de forma progressiva e degenerativa, afetando as células nervosas cerebrais, provocando desta forma sua deterioração e afetando desta forma a movimentação dos músculos dos indivíduos.

Entre seus principais sintomas estão tremedeira mesmo em repouso, rigidez de músculos, movimentos mais lentos e mudanças no equilíbrio.

dia-nacional-do-parkinsoniano-2

Apesar da doença não ser considerada fatal e contar com um tratamento, que poderá retardar o progresso da doença além de amenizar os sintomas, esta é uma doença que não possui cura, porém são várias as pesquisas que poderão estar em andamento e trazem uma série de melhorias no tratamento de pacientes.

Pelo menos 1% da população estimada, acima de 65 anos no mundo possui a doença, e talvez ainda não saiba. Esta é uma doença que poderá ainda afetar pessoas de outras idades, apesar desta não ser uma situação muito comum. Aqui no Brasil, mais de 400 mil pessoas possuem esta condição.

Sua causa é desconhecida, mas a maioria dos casos acontece a partir da degeneração neural que está presente na substância negra do cérebro. A data foi estabelecida para lembrarmos e termos a conscientização em uma série de eventos como feiras, palestras, entre uma série de coisas para que possamos lidar maior tanto com quem sofre deste problema, como para que possamos nos prevenir desta que é uma doença da modernidade que vivemos.

ABRIL É O MÊS DE CONSCIENTIZAÇÃO DO AUTISMO


Muitas vezes essa descoberta é feita dentro de sala de aula. É o caso da Juliana Oliveira que foi aconselhada pela médica da família a levar seus filhos gêmeos ao neurologista, já que não é comum a criança não olhar e manter o olhar para as pessoas, como os filhos de Juliana, porém a mãe se negou a procurar a ajuda de um especialista. O segundo diagnóstico veio a partir da professora do Maternal, Roseli Hanck, que notou a diferença nas crianças.  “Antes de falar com os pais e fazer um laudo, eu observo a criança, faço testes, porque o problema de interação nem sempre é autismo”.
Mesmo com a variação de sintomas, existem alguns que são cruciais para o diagnóstico: o modo de se relacionar ou não com as pessoas, dificuldade na comunicação e o comportamento estereotipado ou repetitivo. Outros diagnósticos é o estresse da criança e a dificuldade de se colocar no lugar do colega.
Juliana diz que ficou de luto depois do diagnostico! Não  entendia sobre a doença e até então conhecia pouco sobre autismo. “Começamos a pesquisar, mas eu levei em torno de 5 meses para digerir e fazer algo que realmente ajudasse eles”.
O tratamento é feito através de acompanhamento fonoaudiólogo para estimular a comunicação verbal e não verbal.  “ O primeiro passo é estimular a expressão facial da criança, estimulando também o tato da criança. A comunicação verbal acontece como o tempo, quando a criança já se sente mais à vontade com o ambiente”, afirma Aline Pinheiro, fonoaudióloga.
Para o professor de educação física Sergio Borba, outro método que auxilia no desenvolvimento é a repetição de exercícios lúdicos, para que a criança, além de gravar, se enturme com o ambiente que ela vive. “É necessário que a criança se sinta bem dentro de sala de aula ou em quadra, por isso exercícios de repetição, além de estimular o cérebro, auxilia na interação dele com os colegas”, conclui o professor.
Conforme pesquisa do governo dos Estados Unidos, os casos de autismo subiram para 1 em cada 68 crianças com 8 anos de idade, dados divulgados em 2014 e o principal objetivo do dia Mundial da Conscientização do Autismo é para que os pais e profissionais fiquem mais atentos aos diagnósticos, para que o laudo seja feito o quanto antes, aumentando assim a qualidade de vida do autista.
Trackback from your site.

Por que 1º de abril é o dia da mentira?



A brincadeira surgiu na França, no reinado de Carlos 9º (1560-1574). Desde o começo do século 16, o ano-novo era comemorado em 25 de março, com a chegada da primavera. As festas, que incluíam troca de presentes e animados bailes noite adentro, duravam uma semana, terminando em 1º de abril.
Em 1562, porém, o papa Gregório 13 (1502-1585) instituiu um novo calendário para todo o mundo cristão – o chamado calendário gregoriano – em que o ano-novo caía em 1º de janeiro. O rei francês só seguiu o decreto papal dois anos depois, em 1564, e, mesmo assim, os franceses que resistiram à mudança, ou a ignoraram ou a esqueceram, mantiveram a comemoração na antiga data.
Alguns gozadores começaram a ridicularizar esse apego enviando aos conservadores adeptos do calendário anterior – apelidados de “bobos de abril” – presentes estranhos e convites para festas inexistentes. Com o tempo, a galhofa firmou-se em todo o país, de onde, cerca de 200 anos depois, migrou para a Inglaterra e daí para o mundo.

BEM VINDO ABRIL